Viver no bairro Saint-Honoré

Este charmoso hotel de serviço requintado está localizado na zona histórica de Paris perto da Place Vendôme, Ópera Garnier e Louvre, no bairro da tendência de moda com o célebre conceito de store «Colette» e suas seções, jamais encontradas em outros lados. Esta loja tornou-se passagem indispensável para os amantes de moda e High Tech.

A Place Vendôme é também o local por excelência de joalheiros como Boucheron, Cartier, Chaumet, Van Cleef & Arpels, Buccellati....

É um hotel idealmente localizado para aqueles que querem descobrir Paris a pé: do Royal Saint-Honoré, nada fica realmente longe. Chegue ao museu do Louvre pelo Jardim das Tuileries e descubra sua arquitetura rica em história. Atravesse os jardins para a Place de la Concorde para visitar o museu de Jeu de Paume, local de exposição de arte contemporânea e fotografias. No Sena, uma ponte pedestre lhe facilitará uma visita noturna ao Museu de Orsay.

Os Jardins des Tuileries e o Carrousel oferecem aos visitantes espaços de serenidade para pausas, lazer ou simples passeios.

No final do Jardim Carrousel, a pirâmide do Louvre recebe-o para uma etapa cultural e histórica, uma viagem no tempo, da pré-história às pinturas modernas, passando por Leonardo da Vinci. Em seguida, atravesse a Rua de Rivoli para juntar-se a outra residência real, o magnífico e bem denominado Palais Royal, com suas colunas de Daniel Buren e escultura de Pol Bury.

História do bairro Paris Saint-Honoré

Da Place Louis-le-Grand à Place Vendôme, este bairro é um dos mais belos de Paris. Clássica e ao mesmo tempo pura, sóbria e elegante, a Place Vendôme é uma obra-prima da arte clássica francesa. Foi o arquiteto de Versailles, Jules Hardouin Mansart, quem desenhou sua planta no século XVII, construída entre 1685 e 1699, no lugar do hotel do Duque de Vendôme. Nesta época, uma estátua de Luís XIV ocupava o centro da praça, que se chamava então Place Louis-le-Grand. Este símbolo da monarquia foi atacado durante a revolução francesa e a estátua foi destruída. Luís XVI, de regresso a Paris após uma fuga de Varennes, passou pela praça para ver os danos causados antes de ser levado para a prisão do Templo. A estátua só será substituída 15 anos mais tarde. Napoleão mandou construir aí uma coluna de bronze reproduzindo os feitos da Grande Armada de Austerlitz, em 1805. No alto desta coluna, reina uma estátua de Napoleão, estilo imperador romano. O monumento foi construído graças à fundição de 12.000 canhões tomados ao inimigo na batalha de Austerlitz.

Da Rua de la Chausseterie à Rua Saint-Honoré

A Rua Saint-Honoré é uma das mais elegantes do bairro da Place Vendôme. Localizada não muito longe dos Jardins des Tuileries, Ópera Garnier e Place Vendôme, esta rua muito antiga de Paris deve seu nome à antiga igreja de Saint-Honoré. Com o passar dos séculos, terá diversos nomes: Rua de la Chausseterie, du Chastiau Festu, de la Croix du Tiroir, etc. Foi no número 96 desta rua que Molière nasceu em 1622. O número 270 era a residência de Olympe de Gouges, célebre feminista autora da «declaração dos direitos da mulher e da cidadã».

Preços e disponibilidades